#SOUECONTINUADA

Como escolher um curso preparatório para o exame de suficiência?

O mercado de educação contábil percebeu, no alto índice de reprovação dos candidatos que prestaram o exame de suficiência, o que cria a necessidade de cursos preparatórios, como acontece há muitos anos no Direito, com o exame promovido pela OAB. Alguns cursos já foram desenvolvidos por todo o país e vêm sendo montados e formatados com metodologias diversas. Os Candidatos ao Exame de Suficiência promovido pelo Conselho Federal de Contabilidade (CFC), aplicado pelos Conselhos Regionais de Contabilidade (CRC) se veem expostos a uma diversidade de opções seja em modalidades e preços, que os fazem refletir qual a melhor decisão a tomar na escolha do investimento.

Como em todo mercado econômico, a oferta está intimamente ligada à demanda. Por isso, o diferencial de cada curso passa por algumas variáveis, incluindo preço. Isso não significa que preço deva ser a variável mais importante a ser analisada. Apesar disso, em um cenário nacional de crise financeira, o bacharel em contabilidade, como a maioria dos brasileiros, sofre com a restrição financeira.

O fato é que quando tratamos da contratação de um serviço, um dos pontos importantes que devemos nos preocupar é a qualidade. No mercado de educação, principalmente, não deve ser diferente. Estar preparado para exercer qualquer profissão irá determinar seu sucesso, e a qualidade é essencial. Trata-se de um curso preparatório para um exame de suficiência que será o ponto divisório na vida Profissional de muitos profissionais da Contabilidade.

Abordar todos os temas exigidos pelo CFC, de forma resumida, efetiva e didática é papel para profissionais experientes na área de educação contábil. O curso preparatório terá que resumir 3.000 horas da graduação e abordar 13 disciplinas distintas. Logo, se considerarmos um encontro de 4h por tema, por exemplo, teremos uma carga mínima necessária de 54 horas presenciais. Qualquer curso, abaixo dessa carga horária terá uma exploração rasa sobre o conteúdo e poderá ser uma perda de tempo e investimento.

Mesmo assim, com uma carga horária maior que 54h, os professores envolvidos na construção da metodologia devem ter experiência suficientemente grande para resumir de forma eficaz a preparação para o exame. Considere ainda que nada superou o ensino presencial na efetividade do resultado no aprendizado. O ensino a distância funciona como suporte ao ensino presencial, não como modalidade única e exclusiva.

Portanto, reflita e faça a melhor escolha ao decidir em qual curso investir. Considere a qualidade dos professores envolvidos e a metodologia criada para a efetiva absorção do conteúdo.


Unidades

Unidade Paulista

Central de Atendimento